Dez escolas públicas de Curitiba ganharão murais pintados pelos alunos

Concurso de Piano organizado pela Unicultura vira notícia nas embaixadas
22/04/2019
Pianista prodígio, de 15 anos, faz concertos gratuitos em Medianeira no dia 10 de maio
07/05/2019
Show all

Dez escolas públicas de Curitiba ganharão murais pintados pelos alunos

  • Estudantes têm lições de criatividade e cooperação antes de porem as aulas em prática na pintura de um mural colaborativo. Projeto Fazendo Arte, Cooperando com a Vida é patrocinado pela Ocepar

É misturando brincadeiras com os ensinamentos sobre como a cooperação pode melhorar a vida da comunidade que as escolas municipais Wenceslau Braz, Irati e Papa João XXIII receberam, em abril, a equipe do projeto Fazendo Arte. Patrocinada pela Ocepar (Organização das Cooperativas do Estado do Paraná), a iniciativa já envolveu, só neste mês, 500 crianças de 8 a 11 anos de idade e 15 professores. A meta é levar as lições sobre cooperativismo a 2 mil alunos da rede pública de Curitiba em 2019.

Trata-se de uma iniciativa do Sescoop (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Paraná), que é vinculado à Ocepar, em parceria com a organização não-governamental Unicultura. Definido o alcance do projeto, a Prefeitura de Curitiba, por meio da Secretaria Municipal de Educação, colaborou na seleção das escolas. As dez escolhidas estão espalhadas em todas as regionais da capital do Paraná. Em abril, foi a vez do Boqueirão, Cajuru  e Portão.

Em maio, o projeto Fazendo Arte chega aos bairros Pilarzinho, Bacacheri, Santa Felicidade e Cidade Industrial, e em junho, quando a iniciativa termina, as divertidas gincanas culturais serão levadas ao Sítio Cercado, ao Tatuquara e ao Parolin. Sempre vão até as escolas uma equipe formada por uma pedagoga, uma artista plástica e um convidado, cuja trajetória esteja ligada ao mundo da criatividade. São eles que organizam as oficinas e mostram aos alunos e professores os valores do cooperativismo.

“Queremos mostrar a eles como, no cooperativismo, estão presentes os ensinamentos da ajuda mútua, da responsabilidade, da igualdade, da solidariedade, da honestidade, da preservação ambiental e da  cultura da paz. Isso tudo é possível pois estamos falando de atividades de arte e educação”, explica Ricardo Trento, diretor da Unicultura.

“Trabalhar com as escolas de Curitiba faz parte deste projeto que é mostrar, também nas cidades, como o cooperativismo, mais comum no interior, pode contribuir para a sociedade. Acreditamos que uma geração que cresce com esses valores, dividindo-os com os pais, amigos e familiares, enxergará mais fácil e rapidamente como construir soluções coletivas. Vários empreendimentos [urbanos] podem se beneficiar ao agir de forma cooperada”, explica Leonardo Boesche, superintendente do Sescoop.

A conclusão do projeto dentro das escolas é a pintura colaborativa do mural, sob a supervisão de um artista plástico. “A obra fica para o estabelecimento de ensino, como uma lembrança do que é possível conquistar agindo de forma cooperada”, diz Trento. Dois desses murais serão inaugurados aos sábados, quando escolas da capital realizam atividades abertas para toda a comunidade escolar, envolvendo pais, vizinhos e moradores da região. “É o recado que se deseja passar, sobre a importância da convivência e da colaboração”.