Nivaldo Krüger lançou livro na Biblioteca do Senado

Curso técnico usa a tecnologia para promover projeto educacional
13/10/2011
Grandes músicos curitibanos se reúnem para homenagear Elis Regina
11/11/2011
Show all

Nivaldo Krüger lançou livro na Biblioteca do Senado

Livro traz um novo olhar sobre a história do Paraná a partir da ocupação jesuíticaLivro traz um novo olhar sobre a história do Paraná a partir da ocupação jesuítica

Na quinta-feira (09), o senhor Nivaldo Krüger lançou o livro Paraná Central: A Primeira República das Américas, na Biblioteca do Senado, em Brasília/DF. Resultado de anos de estudo e pesquisa feitos pelo autor, a obra apresenta um novo olhar sobre a história paranaense, a partir da ocupação dos jesuítas, no decorrer de cinco séculos de ações missionárias. O livro remonta a aspectos dessa ocupação que podem ser valorizados, como o ensino da arte e a contribuição cultural, como a formação de bibliotecas com obras da literatura universal, latina e grega, entre outras, bem como a aspectos econômicos, como a formação de um modelo político e administrativo.

Na obra histórica, Krüger traz aspectos relevantes de um ousado projeto de construção da República Teocrática dos jesuítas, retratando o universo de conquistas e disputas que envolveram os povos indígenas, jesuítas e bandeirantes. O autor relata a pesquisa realizada nas regiões do Rio Ivaí e da Serra da Esperança, trazendo reminiscências históricas do lendário Caminho do Pai Zumé, aberto pela passagem do mítico São Tomé, ou Caminho do Peabiru, pelas expedições guaranis.

Com produção executiva de Ricardo Trento e patrocínio da Syngenta, o livro foi realizado pelo Ministério da Cultura e conta com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura, Itaipu Binacional, Trento Comunicação Integrada e Universidade Livre da Cultura e com o incentivo da Agência de Fomento do Paraná, Eletrosul, BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul e Copel – Companhia Paranaense de Energia.

O Autor

O senhor Nivaldo Krüger nasceu em Canoinhas (SC), mora com a família em Guarapuava desde a adolescência. Foi Vereador (1958/62), Prefeito de Guarapuava durante três mandatos (1964, 1973 e 1983), Deputado Estadual (1969/73), Federal (1979/82) e Senador da República (2003) pelo estado do Paraná. Além disso, exerceu outras funções públicas como presidente da Sanepar e da Paraná Ambiental. Foi fundador da Associação Comercial e Industrial de Guarapuava (ACIG), em 1964, e dez anos depois, da Associação dos Municípios do Paraná (AMP).

O ex-senador Krüger detém, ainda, os títulos de Cidadão Honorário do Paraná e Cidadão Benemérito Municipalista do Paraná, dentre outros. É autor das seguintes obras: As Câmaras na Formação da Nacionalidade; Sudoeste do Paraná – História de Bravura, Trabalho e Fé; e Guarapuava – Seu Território, Sua Gente, Seus Caminhos, Sua História, além de inúmeras teses e artigos sobre o desenvolvimento do municipalismo e sobre a História do Paraná.

Na quinta-feira (09), o senhor Nivaldo Krüger lançou o livro Paraná Central: A Primeira República das Américas, na Biblioteca do Senado, em Brasília/DF. Resultado de anos de estudo e pesquisa feitos pelo autor, a obra apresenta um novo olhar sobre a história paranaense, a partir da ocupação dos jesuítas, no decorrer de cinco séculos de ações missionárias. O livro remonta a aspectos dessa ocupação que podem ser valorizados, como o ensino da arte e a contribuição cultural, como a formação de bibliotecas com obras da literatura universal, latina e grega, entre outras, bem como a aspectos econômicos, como a formação de um modelo político e administrativo.

Na obra histórica, Krüger traz aspectos relevantes de um ousado projeto de construção da República Teocrática dos jesuítas, retratando o universo de conquistas e disputas que envolveram os povos indígenas, jesuítas e bandeirantes. O autor relata a pesquisa realizada nas regiões do Rio Ivaí e da Serra da Esperança, trazendo reminiscências históricas do lendário Caminho do Pai Zumé, aberto pela passagem do mítico São Tomé, ou Caminho do Peabiru, pelas expedições guaranis.

Com produção executiva de Ricardo Trento e patrocínio da Syngenta, o livro foi realizado pelo Ministério da Cultura e conta com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura, Itaipu Binacional, Trento Comunicação Integrada e Universidade Livre da Cultura e com o incentivo da Agência de Fomento do Paraná, Eletrosul, BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul e Copel – Companhia Paranaense de Energia.

O Autor

O senhor Nivaldo Krüger nasceu em Canoinhas (SC), mora com a família em Guarapuava desde a adolescência. Foi Vereador (1958/62), Prefeito de Guarapuava durante três mandatos (1964, 1973 e 1983), Deputado Estadual (1969/73), Federal (1979/82) e Senador da República (2003) pelo estado do Paraná. Além disso, exerceu outras funções públicas como presidente da Sanepar e da Paraná Ambiental. Foi fundador da Associação Comercial e Industrial de Guarapuava (ACIG), em 1964, e dez anos depois, da Associação dos Municípios do Paraná (AMP).

O ex-senador Krüger detém, ainda, os títulos de Cidadão Honorário do Paraná e Cidadão Benemérito Municipalista do Paraná, dentre outros. É autor das seguintes obras: As Câmaras na Formação da Nacionalidade; Sudoeste do Paraná – História de Bravura, Trabalho e Fé; e Guarapuava – Seu Território, Sua Gente, Seus Caminhos, Sua História, além de inúmeras teses e artigos sobre o desenvolvimento do municipalismo e sobre a História do Paraná.