UniCultura recebe certificação de utilidade pública municipal

Grandes músicos curitibanos se reúnem para homenagear Elis Regina
11/11/2011
Presidente da UniCultura faz palestra no UNICURITIBA
07/12/2011
Show all

UniCultura recebe certificação de utilidade pública municipal

Certificado proporciona, entre outros benefícios, maior credibilidade à instituiçãoCertificado proporciona, entre outros benefícios, maior credibilidade à instituição

No dia 4 de outubro, a UniCultura – Universidade Livre da Cultura – recebeu a certificação que a qualifica como entidade de utilidade pública a nível municipal. Com autoria do vereador Julião Sobota, o certificado de utilidade pública foi assinado pelo presidente da Câmara de Curitiba, vereador Cláudio Derosso. Depois de três anos da sua fundação, a UniCultura é finalmente reconhecida pelas suas atividades de caráter público, por declaração da Câmara através da lei municipal nº 13.823, sancionada pelo Prefeito Municipal de Curitiba em 21 de agosto.

Os certificados de utilidade pública concedem às instituições maior reconhecimento, entre outros benefícios. Em Curitiba, estão em conformidade com as leis nº 13.086/2009 e nº 13.315/2009.

O que é e para que serve essa certificação?

O Promotor de Justiça Edson Rafael, define utilidade pública como o benefício social que uma entidade jurídica, sem fins lucrativos, “oferece à sociedade no sentido de satisfazer uma necessidade coletiva de ordem pública”, conforme informações da Rede Brasileira do Terceiro Setor. Em outras palavras, o Poder Público reconhece que a entidade desenvolve funções de interesse público que, a princípio, deveriam ser exercidas pelo Estado. A titulação de Utilidade Pública Municipal (UPM) também é um dos pré-requisitos para a conquista da designação de OS (Organização Social) e OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público).

O certificado de utilidade pública municipal proporciona à instituição benesses sociais, favorecendo o reconhecimento de nossa idoneidade. Com essa certificação, a UniCultura consegue maior credibilidade e lisura para atrair investimentos.

Referências
Portal TSO (Terceiro Setor Online). Disponível em: <http://www.terceirosetoronline.com.br/titulos-e-certificados>. Acesso em 07/10/2011.
REBRATES – Rede Brasileira do Terceiro Setor. Disponível em: <http://www.terceirosetor.org.br/suaong/index.cfm?page=3>. Acesso em 07/10/2011.

No dia 4 de outubro, a UniCultura – Universidade Livre da Cultura – recebeu a certificação que a qualifica como entidade de utilidade pública a nível municipal. Com autoria do vereador Julião Sobota, o certificado de utilidade pública foi assinado pelo presidente da Câmara de Curitiba, vereador Cláudio Derosso. Depois de três anos da sua fundação, a UniCultura é finalmente reconhecida pelas suas atividades de caráter público, por declaração da Câmara através da lei municipal nº 13.823, sancionada pelo Prefeito Municipal de Curitiba em 21 de agosto.

Os certificados de utilidade pública concedem às instituições maior reconhecimento, entre outros benefícios. Em Curitiba, estão em conformidade com as leis nº 13.086/2009 e nº 13.315/2009.

O que é e para que serve essa certificação?

O Promotor de Justiça Edson Rafael, define utilidade pública como o benefício social que uma entidade jurídica, sem fins lucrativos, “oferece à sociedade no sentido de satisfazer uma necessidade coletiva de ordem pública”, conforme informações da Rede Brasileira do Terceiro Setor. Em outras palavras, o Poder Público reconhece que a entidade desenvolve funções de interesse público que, a princípio, deveriam ser exercidas pelo Estado. A titulação de Utilidade Pública Municipal (UPM) também é um dos pré-requisitos para a conquista da designação de OS (Organização Social) e OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público).

O certificado de utilidade pública municipal proporciona à instituição benesses sociais, favorecendo o reconhecimento de nossa idoneidade. Com essa certificação, a UniCultura consegue maior credibilidade e lisura para atrair investimentos.

Referências
Portal TSO (Terceiro Setor Online). Disponível em: . Acesso em 07/10/2011.
REBRATES – Rede Brasileira do Terceiro Setor. Disponível em: . Acesso em 07/10/2011.